Eraldo Roggia é vereador em sua sexta legislatura. Morador da Vila Esmeralda elegeu-se em 1996 pelo PTB com 928 votos. Em 2000 elegeu-se mais uma vez, então no PSDB, com 1618 votos. Já em 2004, elegeu-se novamente pelo PTB com 1814 votos. E em 2008, elegeu-se novamente com 2686 votos.
E no ano de 2012, elegeu-se com 2154 votos. E no ano de 2017 se elegeu com 1.106 votos. Eraldo entrou na política atendendo aos convites de moradores de sua região. Nas comemorações alusivas ao Dia do Trabalho em Viamão, o então secretário estadual e deputado federal pelo PTB, Edir de Oliveira, afirmou que “Eraldo é o verdadeiro herdeiro político do Trabalhismo de Jango e Brizola!”.
Eraldo Roggia tem seu trabalho de vereador voltado para a área social, principalmente na defesa dos menos favorecidos, e na área do transporte. Sua casa e seu gabinete têm sempre muitas pessoas buscando auxílio ou alguma orientação e, muitas vezes, apenas uma palavra amiga. Eraldo Roggia tem 52 anos de idade, foi acadêmico de Direito na ULBRA.
É casado com Andréia Gutierres e têm dois filhos: Eduardo, e Karina . Eraldo Roggia sofreu forte influência política de seu pai, que era trabalhista e grande admirador de Leonel Brizola, personalidade que teve o privilégio de conhecer pessoalmente e que foi um momento muito emocionante em sua vida política.
Eraldo é um político otimista. Presidente da Câmara de Vereadores por quatro mandatos, Eraldo marcou sua administração pela transparência e pelo espírito democrático que transmitiu aos seus pares. Sob seu comando, a Câmara de Viamão foi uma das dez casas legislativas que menos gastos teve em todo o Estado.